Dia a dia de quem pedala

Acluzesontece sempre diante do sinal fechado…

É uma senhora que puxa conversa sobre o tempo e comenta que faz bolo de nozes por encomenda (daí prometo memorizar seu número e me dou conta que só lembro os 4 primeiros dígitos. Sorry , Dona Edith). 😦

Ou um senhor que pára com sua bicicleta ao meu lado para perguntar se a minha bicicleta é elétrica e fica intrigado quando digo que não, apenas dobrável. Ou ainda o guarda do CET que se aproxima interessado em saber se a minha bicicleta foi muito cara.

Em cada diálogo, conversamos até o sinal abrir. Pedalar para o trabalho muda a maneira como você se relaciona com a cidade e com as pessoas. Assim é o caminho de quem escolhe andar de bicicleta.
Não acontece sempre, mas sempre que acontece o sorriso se abre seguido de um sonoro Bom dia! 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s